quarta-feira, 17 de junho de 2015

A mudança começa aonde ?

Hoje quando o passarinho regressava ao seu ninho com uma minhoca no bico, para distribuir equitativamente pela ninhada, foi confrontado com este Outdoor.







E ficou estupefacto, com a presunção desta campanha. Sempre pensou que a mudança começasse com a leitura da Bíblia, do Capital do Marx ou outro qualquer clássico deste âmbito. Agora a pedalar no ginásio ou a correr na passadeira é que não se vai a lugar nenhum.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Risco de explosão

Hoje cheirou a gás ao passarinho. Por momentos, pensou que isto ia tudo pelos ares. Depois, com alguma pena, verificou que era apenas o aquecedor de uma velhota do primeiro andar que estava ligado.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Um apertão

Hoje fui abordado por um indíviduo de moral impoluta e com máscara de amigo da nação, que me disse: "Aquele passarinho anda a falar de mais. Tens que lhe dar um apertão!"

Fiquei calado e assustado com o tipo. Ele não percebe que não o posso apertar muito. Se o aperta-se esmagava-o. Ele é um passarinho, coitadinho. 

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Respostas e perguntas

Em conversa com o passarinho, comuniquei-lhe que na minha idade já não tenho tempo nem paciência para muitas perguntas. Dêem-me uma resposta razoável e eu viverei dela e para ela para todo o sempre.

Ao que o passarinho respondeu:"O pior é que cada vez que encontramos as respostas, eles mudam as perguntas."

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Deus e os homens

Hoje, depois de breve reflexão sobre os males que afetam a humanidade, o passarinho não se conteve e blasfemou: "Deus é um cabrão".

Eu perguntei-lhe: "Então porque é ele adorado pelos homens ?"

E o passarinho respondeu:"Porque os homens são mais cabrões do que ele."

Eu insisti:"E porquê ?"

E o passarinho voltou a responder:"Julgo que é por eles terem mulheres e Deus não."

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Mais vale um passarinho a voar, que dois passarinhos na mão

Há alguns dias que não via o passarinho. Até cheguei a pensar que já tinha sido engaiolado. Qual não foi o meu espanto quando o vi nas recentes manifestações em Atenas.

Afinal mais vale um passarinho a voar, que dois passarinhos na mão.

 

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

O poder

Hoje em conversa com o passarinho, ele revelou-me:"Dá o poder absoluto a um revolucionário, que rapidamente ele se torna num ditador!".

Já percebi que ele anda a ler Mikhail Bakunin no ninho.